Go to ...
CFNotícias on YouTubeRSS Feed

Canal Curta! lança filme que acompanha trocas de cartas entre brasileiros e angolanos


curtaSeparados pelo Oceano Atlântico, brasileiros e angolanos se comunicam por correspondências e relatam histórias de vida que se cruzam em “Cartas para Angola”, que estreia no Curta! dia 19,  na Sexta da Sociedade. Com direção de Coraci Ruiz e Julio Matos, o documentário reúne sete duplas de interlocutores que são amigos de longa data ou que nunca se conheceram para abordar temas como migração, guerra, preconceito, exílio, além da distância e da saudade. Os personagens têm ligação direta com Brasil e Angola, além de Portugal, país colonizador comum a ambos.

Antes disso, dia 15, a Segunda da Música traz “Ícones do Jazz”, com show do músico John Coltrane e a única performance em público das canções “Ascension”  e “A Love Supreme”. No dia seguinte, 16, a Terça das Artes exibe mais um episódio da série “Paletas” que, nesta semana, destaca o trabalho de Andy Warhol. Principal representante da Pop Art, o artista plástico e também cineasta se consolidou na carreira dando um tom publicitário às suas obras e utilizando a serigrafia para retratar rostos de celebridades como Liz Taylor, Marilyn Monroe e Elvis Presley.

O filme “Nome Próprio”, com Leandra Leal, Juliano Cazarré, Gustavo Machado, é o destaque da Quarta de Cinema, dia 17. Do diretor Murilo Salles, a ficção é uma livre adaptação dos livros “Máquina de Pinball” e “Vida de Gato”, de Clarah Averbuck, além de textos publicados no blog da autora. O drama relata a história de Camila (Leandra Leal), uma escritora de blog compulsiva que busca fazer da sua vida uma narrativa. Intensa, ela usa a literatura como seu meio de libertação, mas acaba se isolando cada vez mais em seu universo.

Ainda dia 17, o A Vida É Curta! traz a “Trilogia do Esquecimento”, série de três curtas produzidos em Londrina com direção de Rodrigo Grota. Eles narram, por meio de personagens, a história da cidade na década de 50. Abrindo a faixa, “Booker Pittman” traça um perfil do músico, pai da cantora Eliana Pittman, que viveu em Londrina por alguns meses. Em seguida, “Haruo Ohara”, um fotógrafo que não se considerava como tal e que produziu mais de 20 mil fotos, ao longo de 50 anos, sem mostrar a ninguém. Para fechar o programa, “Satori Uso” é um roteiro falso que conta a vida de um poeta que nunca existiu sob o ponto de vista de um diretor imaginário. Os curtas conquistaram mais de 40 prêmios em festivais nacionais e internacionais, sendo 13 só no Festival de Gramado.

O dramaturgo Tennessee Williams é o destaque da série Grandes Escritores, no ar na Quinta do Pensamento, dia 18. Esse é o primeiro documentário televisivo na dramaturgia realizado desde  sua morte e o único que mostra sua trajetória desde a juventude no Mississippi e em St. Louis. A produção conta com depoimentos de pessoas que conviveram com o escritor além de cenas de filmes que foram adaptados a partir de seus textos.

SEGUNDA DA MÚSICA

“Ícones do Jazz” (documentário)

Apresenta o Classic John Coltrane Quartet no auge de sua trajetória. Inclui a única performance em público de “Ascension” e “A Love Supreme”, que eles gravaram oito meses antes e tornaram-se, instantaneamente, sucessos no mundo do jazz. Todas as apresentações desta banda foram um grande evento e uma experiência espiritual para aqueles que a testemunharam.

Diretor: David Peck, Phillip Galloway, Tom Gulotta

Duração: 50 min. Ano: 2009

Exibição: Dia 15 de junho, segunda-feira, às 23h

Horários alternativos: Dia 16 de junho, terça-feira, às 03h e às 17h / Dia 17 de junho, quarta-feira, às 11h / Dia 20 de junho, sábado, às 05h

Classificação: Livre

“No Balanço de Kelly” (documentário)

Cinema a quatro mãos. Um balanço na carreira do autor da “Cabeleira do Zezé”, João Roberto Kelly. Ao piano, o compositor e o diretor do filme nos revelam um repertório surpreendente.

Diretor: André Weller

Duração: 17 min. Ano: 2010

Exibição: Dia 15 de junho, segunda-feira, às 21h

Horários alternativos: Dia 16 de junho, terça-feira, à 1h e 15h / Dia 17 de junho, quarta-feira, às 9h

Classificação: Livre

TERÇA DAS ARTES

“Paletas” – Andy Warhol (documentário)

Nesse episódio, a obra de Andy Warhol.

Diretor: Alain Jaubert

Duração: 30 min. Ano: 2003

Estreia: 16 de junho, terça-feira, às 21h30min

Horários alternativos: Dia 17 de junho, quarta-feira, às 01h30min e às 15h30min / Dia 18 de junho, quinta-feira, às 9h30min / Dia 21 de junho, domingo, às 19h15min

Classificação: Livre

QUARTA DE CINEMA

“Nome Próprio” (ficção)

Camila (Leandra Leal) tem a escrita como sua grande paixão. Intensa e corajosa, ela busca criar para si uma existência complexa o suficiente para que possa escrever sobre ela. Ela escreve compulsivamente em um blog, só que isto faz com que também fique isolada.

Diretor: Murilo Salles

Duração: 120 min. Ano: 2007

Exibição: Dia 17 de junho, quarta-feira, às 22h

Horários alternativos: Dia 18 de junho, quinta-feira, às 2h e às 16h / Dia 19 de junho, sexta-feira, às 10h / Dia 20 de junho, sábado, às 22h  Classificação: 14 anos

A VIDA È CURTA! “Trilogia do Esquecimento” (Estreia), composta por “Booker Pittman”, “Haruo Ohara” e “Satori Uso”

O A Vida é Curta! desta semana traz uma série de três curtas que foram produzidos em Londrina, a partir de personagens que passaram pela cidade em 1950. Às 20h, será exibido “Booker Pittman”, um perfil do músico americano de jazz muito mais voltado para o seu interior do que para a realidade. O curta foca na forma como ele se sentia e se expressava. Em seguida, “Huruo Ohara” mostra a vida deste fotógrafo japonês. Para encerrar, “Satori Uso” é um documentário falso com duas figuras ficcionais. O filme conta a passagem de Satori Uso pela Londrina dos anos 50 sob a óptica do cineasta americano Jim Kleist. Satori e Jim são meros personagens na trama. Juntos, os três ganharam mais de 40 prêmios entre festivais nacionais e internacionais, entre eles, 13 conquistas no Festival de Gramado.

Estreia: 17 de junho, quarta-feira, às 20h

Horários alternativos: Dia 18 de junho, quinta-feira, à 0h e às 14h/ Dia 19 de junho, sexta-feira, às 8h/ Dia 13 de junho, sábado, às 6h

QUINTA DO PENSAMENTO

Grandes Escritores – “Tennessee Williams – O Orfeu do Teatro Americano – Parte 1

Tennessee Williams é o primeiro documentário televisivo feito desde sua morte é o único estudo de sua vida e seu trabalho como um todo, desde sua juventude no Mississippi e em St. Louis, passando pelo seu sucesso, até os difíceis anos finais. Junto com as sequências de entrevistas e conversas com pessoas que conheceram e trabalharam com Williams, estão algumas das cenas mais célebres de filmes adaptados de suas obras.

Diretor: Merril Brockway

Duração: 43min Ano: 1994

Exibição: Dia 18 de junho, quinta-feira, às 21h40min

Horários alternativos: Dia 19 de junho, sexta-feira, à 01h40min e às 15h40min / Dia 20 de junho, sábado, às 08h300min / Dia 21 de junho, domingo, às 18h30min

Classificação: 12 anos

SEXTA DA SOCIEDADE

“Cartas para Angola” (documentário)

Brasil e Angola são duas margens do Atlântico que possuem a mesma língua, um passado colonial em comum e muitas histórias compartilhadas. Neste filme, pessoas separadas por um oceano trocam correspondências – alguns são amigos de longa data, outros nunca se viram. Suas histórias se entrecruzam e contam sobre fluxos de migração, saudade, pertencimento, guerra, preconceitos, exílio, distâncias. A busca da identidade e o fio da memória são conduzidos pela linha da afetividade, que une as sete duplas de interlocutores que o documentário nos apresenta: pessoas que traçaram suas histórias de vida entre Brasil, Angola e Portugal.

Diretor: Coraci Ruiz e Julio Matos

Duração: 75 min. Ano: 2011

Estreia: 19 de junho, sexta-feira, às 22h

Horários alternativos: Dia 20 de junho, sábado, às 2h / Dia 22 de junho, segunda-feira, às 15h30min / Dia 23 de junho, terça-feira, às 9h:30min

Classificação: Livre

da Redação CFNotícias

Tags: