Go to ...
CFNotícias on YouTubeRSS Feed

Centro Cultural Coreano é inaugurado na Avenida Paulista


De endereço e “cara” novos, o Centro Cultural Coreano será reinaugurado neste domingo, dia 04 de agosto, em São Paulo. A programação conta com apresentações e shows gratuitos, acrobacias em cordas e performance inédita da artista coreana Mukwon Kim.

O evento acontece na nova sede do Centro, que foi realocado para Avenida Paulista, 460, em uma construção inovadora, assinada pelo premiado designer coreano Kira Kim, que trouxe para o projeto elementos que simbolizam a arquitetura tradicional coreana. A obra foi executada pela Empresa Temon Serviços.

Entre os convidados com presença confirmada no evento está o vice-ministro da Cultura, Esportes e Turismo da República da Coréia, Roh Tae Kang. No domingo, dia da abertura, será instalado um palco externo em uma travessa da Avenida Paulista, com apresentações musicais das 12h às 15h.

O tradicional grupo Namsadangpae realizará apresentações de “Pungmul”, música folclórica coreana e acrobacias em cordas. A programação contará ainda apresentações de música clássica do Ensemble de Cordas, da Orquestra Jovem do Estado, e a cantora Minzy, para alegria dos fãs de K-pop.

Dentro do Centro Cultural Coreano haverá uma performance de “Live Drawing” da artista Mukwon Kim. Ela realizará apresentação com jogos de luzes ao ritmo de música tradicional coreana. No primeiro andar, os visitantes poderão ver a exposição “A verdadeira DMZ”, realizada pela primeira vez fora da Coréia. São instalações, fotos, vídeo artes, entre outras obras de artistas renomados como Hyosang Seung e Gyeong-a Ham.

Sobre o Centro Cultural Coreano

Fundado em 2013, o Centro Cultural é um importante elo cultural entre Brasil e Coréia. Para o diretor da instituição no Brasil, Young Sang Kwon, a mudança de endereço, no ano em que se comemoram 60 anos de relações diplomáticas entre Brasil e Coréia, é uma afirmação da existência de um estreitamento de laços entre os dois países.

Sobre a construção

O Centro Cultural Coreano que ocupa área aproximada de 900m2. Contou com a participação do premiado designer coreano Kira Kim, cujo projeto traz elementos que simbolizam a arquitetura tradicional coreana. Em parceria, os escritórios Padovani Arquitetos e Oliveira Cotta Arquitetura venceram o concurso para a sede do Centro Cultural Coreano do Brasil. A empresa Temon Serviços foi responsável pela execução da obra.

O primeiro andar tem capacidade para 100 lugares, um salão de exposições e a cozinha na qual serão realizadas as aulas de culinária coreana. No local, estão instaladas telas de alta tecnologia para exposições de artes digitais, na qual serão mostradas obras de artistas coreanos e brasileiros, tais como recriações de clássicos da era Joseon, paisagens naturais brasileiras feitas em estilo coreano e muitas outras.

O segundo andar, além da biblioteca e das salas de aula, conta com uma estrutura digital na qual os visitantes poderão aprender sobre a cultura coreana. Está instalada uma mesa com uma biblioteca digital composta por filmes, webtoons, vídeos de k-pop, entre outros. O visitante poderá tirar fotos com roupas tradicionais e também aprender sobre as casas e a escrita coreanas. Tudo por meio de telas touch screen.

Mesmo sem viajar para a Coréia, será possível visitar alguns dos locais turísticos mais famosos e ter uma experiência única com os óculos de realidade virtual disponíveis no lobby do segundo andar. Todas estas instalações digitais fazem parte da área experimental digital da cultura coreana, que foram feitas na Coréia com tecnologia ICT, e enviadas para o Brasil para que as pessoas tenham a oportunidade de “vivenciar” a cultura coreana de uma forma totalmente nova.

Serviço:

Inauguração do Centro Cultural Coreano

04 de agosto a partir das 12h

Avenida Paulista, 460 – Bela Vista. São Paulo / SP

Evento gratuito

Apresentações:

12h30: Apresentação tradicional do grupo Namsadangpae da cidade de Anseong, acrobacias em cordas, dança tradicional.

13h10: Orquestra jovem do Estado de São Paulo- Concerto de música clássica

13h50: Apresentação do grupo Clareira e do pianista Benjamin Taubkin, Música popular brasileira.

14h30: Apresentação da cantora Minzy

Exposição inédita: A verdadeira DMZ (instalações, fotos, vídeo artes de artistas renomados como Hyosang Seung e Gyeong-a Ham)

da Redação CFNotícias