Go to ...
CFNotícias on YouTubeRSS Feed

Coletiva de “O Vendedor de Sonhos” acontece em São Paulo


Na última terça-feira (6), aconteceu na capital paulista, a coletiva de imprensa da adaptação do best-seller “O Vendedor de Sonhos”, do psicoterapeuta e escritor Augusto Cury. Além deste, estiveram presentes os atores Dan Stulbach e César Troncoso, o diretor Jayme Monjardim e o produtor LG Tubaldini Jr.

Augusto, sempre muito sábio com as palavras, explica que o longa faz uma crítica à sociedade como “manicômio global”. De acordo com estatística do Instituto de Pesquisa Social, 1 em cada 2 pessoas – quase 3 milhões de seres humanos – serão abarcados por um transtorno psiquiátrico, seja depressão, ansiedade, síndrome do pânico, transtornos alimentares entre outros.

dscn0017

“Este filme traz muita esperança, porque leva as pessoas a não colocarem um ponto final na sua história, mas uma vírgula, para escrever os capítulos mais importantes, nos seus dias mais dramáticos. Mas, ele também reflete e mostra para onde tem caminhado a humanidade”, fala com propriedade.

O autor conta também que nunca quis traduzir seus livros para o cinema, mas que teve uma grata surpresa. “Fiquei muito feliz com o que eu vi na tela. Realmente, o filme, embora seja uma contração de todas milhares de cenas, representa à altura o livro”, conta entusiasmado.

dscn0013

Jaime Monjardim revela que quando conheceu o trabalho a ser adaptado, foi amor à primeira leitura, e que essa, foi a obra mais difícil de toda sua carreira. O diretor acredita estar criando com este filme, um novo gênero para o cinema.

Já Tubaldini, explica que pode nomear o gênero como “Romance Inspiracional”, que faz você sair do cinema refletindo, e completa, que acha que o cinema nacional cresce abrindo leque para novos gêneros.

dscn0061

Cesar, que interpreta o “Mestre”, não é de muitas palavras, mas se diz muito satisfeito com a realização do longa. E Dan Stulbach, conta que quis ser o mais simples possível em seu papel e que a leitura do livro foi complementar ao seu trabalho de atuação no longa.

Com 25 mil exemplares somente no Brasil, os livros de Augusto Cury já foram publicados em mais de 70 países. Ele é considerado o autor brasileiro mais lido da década.

dscn0026

A produção chega aos cinemas nesta sexta (08). Confira nossa Crítica Completa na data de estreia.

por Caroline Lima – especial para CFNotícias