Go to ...
CFNotícias on YouTubeRSS Feed

Crítica: A Família Addams


A estreia da animação “A Família Addams” (The Addams Family) acontece em pleno dia em que é comemorado o Halloween, 31 de outubro. A família assustadora e adorável, criação de Charles Addams na década de 1930, retorna com muitas semelhanças estéticas a seus cartuns originais.

A trama, roteirizada por Matt Lieberman e Pamela Pettler, é responsável por matar a saudade desses personagens clássicos ao mesmo tempo em que procura atualizar o tema e apresentar esse atípico universo às crianças.

A história se inicia com o casamento de Gomez (voz de Oscar Isaac) e Mortícia (voz de Charlize Theron) e mostra como, devido à intolerância dos moradores locais, o casal decidiu se afastar de tudo e de todos e se estabelecer em Nova Jersey, em um manicômio abandonado.

Depois da passagem de treze anos, a trama aborda assuntos atuais como especulação imobiliária, fake news e invasão de privacidade, além de temas clássicos aos Addams como a integração familiar de Wandinha (Chloë Grace Moretz) e Feioso (Finn Wolghard), seja por uma fase rebelde ou por não conseguir se encaixar nas tradições familiares.

O filme, com um pouco menos de uma hora e meia de duração, conta com um ótimo humor, muitas referências e adoráveis cenas musicais, ainda que para alguns possa parecer que poderia ter ousado mais.

Já com a confirmação de uma sequência (com estreia americana programada para 22 de outubro de 2021), o longa dirigido por Conrad Vernon e Greg Tiernan agrada aos adultos e aos pequenos e é uma ótima pedida para um Halloween em família.

por Isabella Mendes – especial para CFNotícias