Go to ...
CFNotícias on YouTubeRSS Feed

Crítica: Angry Birds 2 – O Filme


Temos uma estreia mais do que especial essa semana com a volta dos pássaros mais nervosos do mundo: “Angry Birds 2 – O Filme” promete muita confusão e aventura nas salas de cinemas do Brasil.

A ilha dos pássaros vive um momento de paz e prosperidade sob a vigilância constante de Red (voz de Jason Sudeikis na versão original e Marcelo Adnet na versão nacional) o herói que salvou a todos em Angry Birds – O Filme” (2016) ajudado pelos sempre atentos Chuck  (Josh Gad / Fábio Porchat) e Bomba (Danny McBride / Mauro Ramos) para que os terríveis porcos não tentem nenhuma de suas artimanhas, mas agora uma nova ameaça surge no horizonte que forçará uma aliança inusitada entre inimigos declarados.

Pássaros e Porcos unirão forças com a ajuda de Silver (Rachel Bloom / Pâmela Rodrigues), irmã de Chuck, e dos suínos Leonardo (Bill Hader / Guilherme Briggs), sua assistente Courtney (Awkwafina / Mariana Torres) e o engenhoso Gary (Sterling K. Brown / Duda Spinoza), além da participação de Mega Águia (Peter Dinklage / Márcio Simões) para dar aquela força bruta.

Desde o lançamento do jogo homônimo em 2009, que virou febre mundial entre públicos diversos, sua primeira versão para o cinema trouxe a sensação de estarmos no game e proporcionou muita diversão aos espectadores. Agora temos uma nova história que foca exatamente no relacionamento e modo de vida destes memoráveis personagens.

As piadas estão excelentes, assim como a sensação de imersão no filme que nos aproxima mais ainda da trama, é diversão garantida para toda a família. Os adultos irão vibrar com as referências – especialmente as musicais, pois a trilha sonora conta com faixas memoráveis como “Holding Out for a Hero”, de Bonnie Tyler e “The Final Countdown”, do grupo Europe. As crianças vão amar o colorido e a aventura.

Então não fique em casa esperando o próximo ataque: vá à luta e utilize seu estilingue de pássaros para se lançarem uma aventura sem limites. Uma animação imperdível.

por Clóvis Furlanetto – Editor Voador

Tags: