Go to ...
CFNotícias on YouTubeRSS Feed

Crítica: Com Amor, Scott


“Com Amor, Scott” (Love Scott) é uma das estreias dessa quinta-feira (25), do Cinema Virtual. O documentário acompanha Scott Jones em sua busca pela reabilitação física e espiritual após ser vítima de um crime de ódio, motivado por sua orientação sexual, em New Glasgow no Canadá.

A produção de 2018, com roteiro e direção de Laura Marie Wayne, mescla imagens de Scott ainda no hospital com vídeos caseiros do acervo familiar e o processo de adaptação à nova realidade, tudo isso enquanto o músico se torna símbolo de resistência para comunidade LGBTQIA+.

Scott Jones foi esfaqueado duas vezes nas costas e teve a garganta cortada por Shane Matheson, o que deixou paralisado da cintura para baixo. O criminoso foi condenado a 10 anos de prisão, porém o delito não foi registrado como crime de ódio.

O documentário mostra dados importantes: em 1996 o código penal do Canadá foi alterado para reconhecer os crimes de ódio baseados na orientação sexual: dos milhares registrados às pessoas LGBTQIA+, apenas 10 casos foram reconhecidos formalmente como tal, isso com base em dados de 2018.

O slogan da luta de Scott “Don´t be afraid”, (“Não tenha medo” em tradução literal), simboliza sua batalha por visibilidade. Na produção podemos acompanhar o ativista em momentos marcantes como o retorno à rua onde o atentado ocorreu e a leitura de uma carta que ele pretende mandar ao seu agressor, pois acredita que de algum modo os dois são a chave para mudança.

O protagonista é apaixonado por música e é possível acompanhar parte de seu trabalho com o coral “VOX: A Choir for Social Change”, que também colaborou com seu processo de cura. O filme não conta com grandes nomes comentando os acontecimentos, não há exposição de números, apenas a participação da família e do próprio Scott, afinal é um relato da sua luta por existência.

Em um momento em que falamos tanto do direito de ser, “Com Amor, Scott” vem para nos ajudar a exercitar a empatia, abre parênteses para reflexão. Vale a pena conferir.

por Carla Mendes – especial para CFNotícias

*Título assistido via streaming, a convite da Elite Filmes.