Go to ...
CFNotícias on YouTubeRSS Feed

Crítica: Em Guerra com o Vovô


Uma das estreias dessa semana ao Brasil é uma comédia que vai agradar quem procura por uma história simples e que faça sorrir. Lembrando, é claro, que caso você decida ir aos cinemas, deve tomar todos os cuidados de prevenção antes e durante sua saída de casa. “Em Guerra com o Vovô” (The War with Grandpa) é um filme para toda a família e conta com ótimos momentos.

Robert de Niro interpreta Ed, personagem que desde a morte de sua esposa não consegue encontrar seu lugar no mundo. Até que sua filha Sally (Uma Thurman) o convida para morar com ela, seu marido e filhos.

E aí começam os problemas, pois o seu neto Peter (Oakes Fegley) precisa se mudar para o sótão para liberar o quarto para o avô. Claro que o garoto não gosta nada disso e por influência de amigos começa uma “guerra” contra Ed, o que irá gerar inúmeros e insuperáveis momentos de gargalhadas.

Nesta adaptação do livro homônimo de Robert Kimmel Smith, temos as artimanhas do neto contra-atacadas pelo avô e vice-versa e, no meio do “fogo cruzado”, a família e amigos que acabam sofrendo as consequências da batalha de pegadinhas.

Outra figura que merece destaque na história dirigida por Tim Hill é Jerry, interpretado por Christopher Walken, que nos faz querer chegar com o mesmo vigor e bom-humor em sua idade.

O roteiro de Tom J. Astle e Matt Emberque é leve, engraçado e conquista o público sem dificuldade, divertindo as crianças menores e causando certa nostalgia nos adultos que aproveitam para relembrar traquinagens de infância (e familiares / amigos que talvez nem estejam mais a seu lado).

Boa pedida para passar agradáveis momentos em família.

por Clóvis Furlanetto – editor

*Título assistido em Cabine de Imprensa Virtual promovida pela Diamond Films.