Go to ...
CFNotícias on YouTubeRSS Feed

Crítica: “Fallen”


fallen-poster-critica-cf

Sob o olhar de Robert Scott Hicks, diretor australiano, “Fallen”, baseado no livro da saga escrito por Lauren Kate, ganhou vida nas telas de cinema.

Numa guerra travada entre céu e inferno, quem resiste é o amor. Daniel Grigori (Jeremy Irvine), um anjo caído, não escolhe seu lado nessa batalha e opta por seguir o sentimento mais puro e verdadeiro que um imortal seria capaz de conhecer.

Luce Price (Addison Timlin), uma adolescente de 17 anos, perseguida por sombras malignas, vê sua vida ficar de pernas para o ar, após ser acusada pela morte misteriosa de seu namorado. Ela vai parar em Sword & Cross, um reformatório e lá sente que sua história começou a fazer sentido.

O irreverente Cam Briel (Harrison Gilbertson) chama sua atenção, mas o primeiro encontro com Daniel Grigori (Jeremy Irvine), a faz reviver momentos que de alguma forma estão guardados em sua memória. Luce é uma garota genuína e decidida, por mais que esse triângulo amoroso exista, é nítido que ele não vai ter muito sucesso.

Isolada do mundo exterior e assombrada por estranhas visões, ela começa aos poucos a desvendar os segredos de seu passado e sabe que precisa fazer uma escolha, por mais que ela custe a sua vida.

Além de ter um olhar incrível para gênero drama, o diretor, se afastou da forma como os grandes estúdios fazem esses filmes e criou um longa autêntico.

Claro que o triângulo amoroso, os olhares de Luce e o fato de serem criaturas sobrenaturais o coloca num conjunto de romances clichês. O que difere essa obra de outras é o caminho e a essência que a autora deu à saga. É uma história de anjos e demônios que tem o amor como centro. Um envolvimento milenar amaldiçoado que nem a morte é capaz de separar.

A trama é interessante e atrativa, Fallen desempenha muito bem o início da jornada entre o bem e o mal e anseia por futuros desfechos, nos deixando curiosos para acompanhar sua continuação.

O sentimento mais puro e verdadeiro cumpre um papel nunca visto antes, e os fãs que aguardaram anos por essa estreia podem acompanhar tudo de pertinho a partir de hoje, 08 de dezembro.

por Caroline Lima – especial para CFNotícias