Go to ...
CFNotícias on YouTubeRSS Feed

Crítica: LEGO Batman – O Filme


Chega aos cinemas a animação mais esperada desta temporada: “LEGO Batman – O Filme” promete muita diversão e risadas como você nunca teve em sua vida – até agora.

Juro, nem sei por onde começar a escrever esta crítica. Não porque a animação é ruim, pelo contrário, é tão boa que preciso me decidir qual momento devo escolher. Parcialidade? Nunca! Na realidade a Warner acertou de todos os lados.

Bom, vamos lá. Para situar você leitor sobre LEGO Batman – O Filme surgiu de uma ponta que o morcego fez em  Uma Aventura Lego (2014) e que roubou a cena da animação (claro: ele é o Batman), e um filme solo era inevitável.

A irreverência é a marca principal desta animação. O roteiro brinca com tudo e todos, as piadas são quase mortais e os personagens por menor que seja o papel são bem definidos e resolvidos. Fico imaginando como uma mente pode ser tão criativa e inteligente para criar diálogos e ações tão consistentes? Os reponsáveis pelo texto são Seth Grahame-Smith, Chris McKenna & Erik Sommers, Jared Stern & John Whittington. Que a partir de agora deveriam escrever todos os roteiros das adaptações LEGO (minha opinião).

A base da história é a rotina solitária de Batman e sua necessidade crescente em afastar todas as pessoas que ama, pois a vida de um combatente do crime deve ser solitária. Claro que Alfred, Barbara Gordon e o jovem Dick Grayson pensam diferente e farão de tudo para ajudar o mascarado a aceitar ajuda – ou não. E ainda por cima deverá enfrentar o Coringa que passa por uma crise no relacionamento herói-vilão e precisa desesperadamente encontrar um meio de resgatar o ódio mortal que existe entre Batman e ele (tudo com o aval da Arlequina).

O problema neste texto é não cair em tentação e contar tudo, das melhores cenas às melhores piadas. Mas serei forte e direi apenas que você terá a chance de reencontrar alguns personagens que marcaram época em Harry Potter, O Senhor dos Anéis, Doctor Who, Jurassic Park, entre muitos outros.

O filme começa já na tela escura do cinema sem ação nenhuma, sério mesmo. Há uma introdução maravilhosa e divertida que você não deve perder, por isso não chegue atrasado na sala de cinema, vá ao banheiro antes e compre sua pipoca com duas horas de antecedência.

Este LEGO Batman é divertido, pois brinca com a parte sombria do morcego, vemos um lado que não é mostrado, ou seja, o que o Cavaleiro das Trevas faz quando chega à Batcaverna ao terminar seu turno de combate ao crime? Ele tira a máscara? Janta? Joga? Vê televisão? Essas e outras questões são solucionadas na animação. Além disso, nos mostra a dualidade de Bruce Wayne/Batman em seu ambiente natural e como é seu relacionamento paternal com o mordomo Alfred. E todos aqueles brinquedos maravilhosos e destrutivos que ele usa para enfrentar os vilões são apresentados e usados.

Quer aventura? Quer diversão? Quer um motivo para sorrir? Então vá ao cinema assistir a LEGO Batman – O Filme e descubra o morcego que existe em você.

por Clóvis Furlanetto – O Batman

Tags: , , , ,