Go to ...
CFNotícias on YouTubeRSS Feed

Crítica: “Lino – Uma Aventura de Sete Vidas”


Chega aos cinemas a animação nacional “Lino – Uma Aventura de Sete Vidas” com uma grande promessa: ser uma produção que rivaliza com filmes do mesmo gênero e com qualidade internacional.

Eu, particularmente, tive uma agradável surpresa ao assistir à animação e constatar que a qualidade, roteiro, processo de dublagem e atenção aos detalhes são competentes.

Outras animações estrangeiras são sempre aguardadas com ansiedade pelo grande público, com nomes de peso do cinema internacional, então se convencionou acreditar que tudo o que é de fora sempre será melhor, mas agora Lino veio para provar o contrário: a nossa “prata da casa” sabe fazer bonito.

Temos uma qualidade técnica que rivaliza com qualquer outra obra, a direção / produção de Rafael Ribas provaram ser de uma sensibilidade única, que foge do senso comum que prega que a ambientação deva ser em cidades famosas ou históricas brasileiras, com elementos que remetam ao carnaval ou festas típicas. Inclusive o cenário faz pensar que podemos estar tanto em São Paulo quanto Nova York.

O ator Selton Mello também foi uma das escolhas acertadas de Ribas, ele imprimiu um estilo único ao dublar o personagem principal e sugerir algumas inserções e mudanças ao diretor que falou com exclusividade com a redação da CFNotícias no dia da exibição para a imprensa.

A história nos mostra a vida azarada e desanimada do animador de festas infantis Lino que todos os dias precisa se vestir de gato gigante com uma fantasia de qualidade duvidosa e aguentar os maus tratos e humilhações de crianças mimadas.

Ele decide não passar por isso nunca mais e procura um suposto mago que promete resolver seus problemas, mas o atrapalhado Don Leon realiza um feitiço errado e Pumba!!!! Lino se transforma em sua própria fantasia. A partir daí seguem uma sucessão de trapalhadas, erros de julgamento e ele até é confundido com um gatuno (olha o trocadilho!) que está aterrorizando a cidade com grandes roubos de produtos. Agora precisa correr para reverter o feitiço antes que seja  tarde demais.

São cenas maravilhosas, divertidas e que têm como centro uma mensagem de esperança, além é claro, muita diversão para toda a família em 93 minutos de duração.

Não perca tempo, abra seu coração e deixe a magia desta animação nacional preencher um importante pedaço de sua vida. Garanto que não irá se arrepender.

Clóvis Furlanetto – Editor

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=7oPxjhBA-Ss[/embedyt]

Tags: