Go to ...
CFNotícias on YouTubeRSS Feed

Crítica: Mundo Cão


Babu Santana e Lázaro Ramos em Mundo Cão

Dentro de um mercado nacional que prestigia a comédia, o diretor Marcos Jorge (Estômago) chega com uma história e envolvente e dramática em “Mundo Cão”, novo filme estrelado por Lázaro Ramos, Adriana Esteves e Babu Santana. E mais uma vez o cineasta acerta em cheio. Firme e contundente, o longa provoca boas discussões entre os espectadores.

Com cão no nome, o filme não fala só sobre a antiga lei que permitia o sacrifício de cachorros abandonados, mas também sobre outros assuntos importantes para a sociedade, o que deixa a trama ainda mais interessante.

Um dos temas que se destacam é o futebol, afinal de contas, uma das melhores cenas do filme é justamente quando o menino João (Vini Carvalho) vai pela primeira vez ao Pacaembu. Com uma linda imagem aérea do campo e efeitos visuais eficiente, Marcos Jorge vai fundo ao captar a verdadeira atmosfera de uma partida futebolística, explorando a alegria e a realização de um menino que até então não tinha pisado em uma arquibancada.

Outra virtude do longa é o elemento surpresa. Com uma história bem definida, a trama reservas ótimas surpresas. Claro que não entrarei em detalhes, mas posso dizer que o diretor trabalha bem com esse quesito, afinal de contas, pega o espectador desprevenido em mais de uma oportunidade.

Na trama, Santana (Babu Santana) trabalha no Departamento de Combate à Zoonoses recolhendo cachorros abandonados, além de viver bem ao lado da mulher Dilza (Adriana Esteves) e seus filhos João e Isaura (Thainá Duarte).

Certo dia, ele captura um Rottweiler abandonado, cujo dono (Lázaro Ramos) aparece para recuperar o animal quando já é tarde demais. Irado com a situação, o sujeito culpa Santana pela morte do bicho e planeja uma cruel vingança.

De maneira geral, “Mundo Cão” é uma ótima opção de entretenimento, pois não fica preso nos clichês e prefere e se aprofundar no abalo psicológico dos personagens, deixando o desenvolvimento dos protagonistas mais humano e permitindo que o público os conheça melhor e torça por eles.

por Pedro Tritto – Colunista CFNotícias

 

Tags: ,