Go to ...
CFNotícias on YouTubeRSS Feed

Crítica: NCIS (Oitava Temporada)


A oitava temporada de NCIS chegou no dia 21 de setembro de 2010 e terminou em 17 de maio de 2011. Nela, temos repercussões de acontecimentos do ano anterior, além de desdobramentos importantes na vida de Leroy Jethro Gibbs (Mark Harmon) e companhia.

Logo no início, já vemos o agente especial tentando se livrar da traficante Paloma Reynosa (Jacqueline Obradors), que busca vingança pela morte do pai, terrorista responsável que matou a família do protagonista. Sem dúvida, esse é um começo explosivo, já que sentimos uma forte tensão no ar e o drama vivido pelos personagens.

Até que a resolução desse tema acontece rápido e a boa notícia é que a trama toma outros rumos interessantes. Novamente, encontramos o pai de Tony DiNozzo (Michael Weatherly) metido em confusão, a simpática comandante da Guarda Costeira Abigail Borin (Diane Neal) ajudando na resolução de um crime instigante, além do já conhecido Tobias Fornell (Joe Spano), agente do FBI que sempre marca presença desde o primeiro ano do seriado.

Mas quem guarda algumas surpresas é a psicóloga Rachel Cranston (Wendy Makkena), que aparece no episódio “Um homem entra no bar” para fazer um teste psicológico nos membros da equipe. Esse é um dos melhores capítulos, por sinal. Sua participação é pequena, mas certamente pode arrancar lágrimas dos olhos do espectador, já que consegue explorar profundamente o lado emocional de cada um.

Além disso, o ex-chefe de Gibbs, Mike Franks (Muse Watson), também tem um papel emocionante na reta final, quando os investigadores vão atrás de um serial killer chamado Porto a Porto (P2P). Nesse arco, também é interessante o princípio de rivalidade entre a equipe de Gibbs e da bela agente E.J. Barrett (Sarah Jane Morris), que disputam pelo comando do caso decisivo da história.

Como falado no primeiro parágrafo, a oitava temporada traz histórias decisivas, com grandes cargas dramáticas para Gibbs e companhia. Com certeza, isso dá um fôlego para a jornada dos investigadores, algo que faltou no ano interior.

Guia de episódios:

1 – A Aranha e a Mosca

2 – O pior pesadelo

3 – Pavio curto

4 – Realeza e reais

5 – Ar morto

6 – Rachado

7 – Flecha quebrada

8 – Inimigos estrangeiros

9 – Inimigos domésticos

10 – Falso testemunho

11 – Navios na noite

12 – Recrutado

13 – Liberdade

14 – Um homem entra no bar…

15 – Desafio

16 – Dentes e dedos

17 – Uma última partitura

18 – Reexame

19 – Conte tudo

20 – Duas caras

21 – Reflexão morta

22 – Baltimore

23 – A canção do Cisne

24 – Pirâmide

por Pedro Tritto – Colunista CFNotícias