Go to ...
CFNotícias on YouTubeRSS Feed

Crítica: Notre Dame


A Catedral de Notre Dame é um dos maiores símbolos de Paris e até da humanidade, tanto que já fez parte de vários clássicos da literatura e do cinema, como “O Corcunda de Notre Dame”, “A Invenção de Hugo Cabret”, “A Travessia”, entre outros. O próximo filme que entra para essa lista é “Notre Dame” (Notre Dame), que estreia nesta semana nos cinemas.

Trata-se de uma comédia francesa bem simples, que busca provocar risos com as situações do dia a dia da protagonista, Maud Crayon (Valérie Donzelli), uma arquiteta, mãe de duas crianças, que vive um rotina conturbada no trabalho e em casa, já que seu ex-marido não consegue tomar um rumo na vida.

Se tudo já parecia estar de cabeça para baixo, as coisas complicam um pouco mais quando, por via de um mal entendido, o projeto dela vence um concurso de restauração da esplanada da catedral francesa, que pegou fogo em 2019. A partir daí, ela precisa convencer o moradores de Paris que sua obra é benéfica para a população.

Como dá para perceber, a trama é compreensível e interessante. Isso é ótimo!  No entanto, ela escorrega em pontos crucias. Por mais que o filme tente buscar um humor mais simples e ingênuo, há momentos em que situações são bem forçadas.

Por exemplo, esse tal mal entendido que provoca a conquista de Maud é algo bem surreal, se analisarmos o contexto geral. De uma hora para outra, vemos uma maquete simplesmente voando pela capital francesa sem muita explicação.

Outro ponto é quando vemos as pessoas se batendo no meio da rua sem uma justificativa. Infelizmente, esses momentos, que eram para serem engraçados, não provocam risadas, acabam sendo confusos e criam ruídos desnecessários na narrativa, afinal de contas, desviam a atenção do espectador.

Para quem curte longa europeu (especificamente, francês), “Notre-Dame” pode ser uma boa escolha, pois aborda um monumento histórico. Já para quem procura apenas se divertir e rir para se distrair, o filme pode deixar a desejar e não cumprir com o seu papel de entreter.

por Pedro Tritto – Colunista CFNotícias

*Título assistido em Cabine Virtual promovida pela California Filmes.