Go to ...
CFNotícias on YouTubeRSS Feed

Crítica: O Contador


o-contador

Muitas vezes os filmes de ação se preocupam somente com as cenas de explosões, perseguições e lutas e esquecem da importância que a história por trás disso tudo tem. Ainda bem que “O Contador”, novo longa estrelado por Ben Affleck (Batman Vs Superman), foge dessa “regra” e dá uma atenção para a trama, que sem dúvida é o ponto mais forte do longa.

A história acompanha Christian Wolff (Affleck), um autista que é incrivelmente brilhante com números e contas mas impossibilitado de se relacionar com as pessoas. Mesmo assim, ele é sempre contratado por várias organizações, incluindo algumas criminosas, para avaliar a situação financeira.

O fato é que isso acaba chamando a atenção dos agentes do tesouro nacional, Raymond King (J.K. Simmons) e Medina (Cynthia Addai-Robinson), que começam a investigar quem é esse tal contador misterioso. Enquanto vira alvo do governo, Wolff também passa a investigar um rombo financeiro de uma grande empresa.

É a partir daí que as coisas começam a chamar a atenção no filme, tudo porque a trama abre várias vertentes. Uma delas, é claro, aborda as famosas sequências de ação que não podem faltar em um bom thriller de ação. Claro que você vai ver lutas bem coreografadas, além de perseguições e tiroteios intrigantes.

No entanto, o longa também se destaca por construir bem a trajetória do protagonista, afinal de contas, desde o início é possível entender a forma de como Wolff se relaciona com o mundo mesmo com suas dificuldades.

Além disso, por mais que em alguns momentos o personagem central flerta com o mau, é possível torcer para ele do início ao fim, pois logo notamos que suas ações são nobres e justificáveis. Nesse ponto, é necessário elogiar o trabalho de Ben Affleck.

Com feições que parecem ser inexpressivas, o ator é intenso ao transmitir os sentimentos e os dramas de Wolff. Para se ter ideia, há momentos em que o atual intérprete do Batman consegue extrair um humor inteligente, permitindo assim o espectador se interessar pelas habilidades e características peculiares do protagonista.

Para quem duvida, “O Contador” é um dos melhores filmes de ação do ano. Por quê? Além de ter os elementos necessário para se destacar (tiroteio, explosões e tudo mais), ele também aproxima o espectador de sua trama minuciosa, que tem como principal trunfo o seu protagonista, um personagem cheio de nuances que a cada passo pode te surpreender.

Por Pedro Tritto – Colunista CFNotícias

Tags: , ,