Go to ...
CFNotícias on YouTubeRSS Feed

Crítica: O Espetacular Homem-Aranha 2: A ameaça de Electro


spiderman2

Em 2012 fui cético ao cinema ver a nova versão de O Homem-Aranha.Fora algumas mudanças na história original dos quadrinhos clássicos e uma nova roupagem moderna para o escalador de paredes, o filme foi muito bom. Agora estamos com a estreia da nova produção do cabeça de teia bem na nossa frente e posso dizer com sinceridade: Temos uma história em quadrinhos em movimento nas telonas.

Claro, os fãs mais ferrenhos talvez não tenham gostado do longa anterior e vão torcer o nariz para a produção que entra em cartaz neste feriado de 1º de maio, mas temos que manter a mente aberta para a evolução da sociedade: não daria certo manter nos dias de hoje um aranha com roupagem dos anos 1970 ou 1980.

Uma crítica que pairou no ar, entre fãs e críticos de cinema, foi colocar 3 vilões na mesma película, mas desta vez a decisão foi acertada, pois o principal, Electro, é quem mantém o foco para os outros dois: Rhino e Duende Verde são relacionados ao longo da trama para permitir diversas interações e futuras histórias (não contarei mais antes que cause desespero e spoilers desnecessários).

Nesta nova aventura do amigo da vizinhança ele enfrenta os dilemas que trava consigo mesmo diariamente: a dupla jornada entre ser Peter Parker e o Homem-Aranha, perder (ou quase) eventos importantes como a sua formatura, conciliar o amor de sua vida e sua vida de aventuras, entre outras coisas que o tornam um herói complicado e o aproxima de nosso cotidiano por ser apenas um rapaz sem dinheiro ou recursos fartos, mas que se dedica a fazer o que é certo.

Como não poderia ser diferente, ele enfrentará um vilão que vai querer destruir o pequeno aracnídeo de qualquer jeito, mas Electro também tem seus próprios problemas, que o tornarão um perigo maior do que imaginamos. As cenas de ação nos transportam por uma viagem alucinante pelos prédios de NY, onde balançamos pelas teias junto do personagem. Não espere muito bate-papo (ainda bem) a aventura e altas brigas entre superseres são o ponto principal.

A sua namorada Gwen Stacy está presente e apoiando o escalador e saberemos como foi o relacionamento que teve seu início no primeiro filme até agora. Sua participação é importante para a definição do herói ao longo da trama, por isso dê uma atenção especial para a menina.

Contar mais seria estragar a festa da aranha, por isso vá ao cinema e não se esqueça de carregar seu lançador de teias para não cair no meio da ação.

Por Clóvis “Spider” Furlanetto

Tags: