Go to ...
CFNotícias on YouTubeRSS Feed

Crítica – Os Croods 2: Uma Nova Era


Chega aos cinemas brasileiros a nova produção da Dreamworks Animation que promete diversão com a família mais louca e disfuncional das animações atuais:  “Os Croods 2: Uma Nova Era” (The Croods: A New Age) não deixará pedra sobre pedra.

Na história, os Croods precisam continuar sua busca interrompida (ou iniciada) em 2013 por um novo lar, e acabam se deparando com um local maravilhoso, totalmente diferente de toda a aridez que já viram em suas vidas. Um verdadeiro Oasis encantado com muita água e comida.

Mas acabam encontrando também outros habitantes mais modernos do que eles e com hábitos mais “civilizados”, e querem a todo custo convencer o jovem Guy (voz de Ryan Reynolds) a ficar com sua filha Aurora (voz de Kelly Marie Tran).

Mas Grug (voz de Nicholas Cage) e Ugga (voz de Catherine Keener) não estão dispostos a perder seu precioso menino adotado para as garras de Esperança (voz de Leslie Mann) e Ben Bemelhor (voz de Peter Dinklage), pois sempre acreditaram que Guy seria o par de sua primogênita, a jovem Eep (voz de Emma Stone).

Só que o destino possui outros planos para essas duas famílias de períodos evolucionários diferentes e um grande perigo poderá colocar a prova o amor de todos por todos.

É uma animação singela e divertida, indicada para todos os públicos, que deve ser apreciada desde seu início até o final com olhar inocente, pois não há maldade, apenas situações que colocam à prova muitas verdades que todas as famílias querem esconder.

Mesmo se alguém não tiver visto a primeira animação não será um problema, pois a trama é bem desenvolvida e não necessita de maiores informações adicionais do passado. Mas sempre é bom dar uma conferida, para atualizar a linha do tempo dos personagens e compreender algumas piadas e citações.

Agora é só se preparar com seu kit básico de sobrevivência para a selva de pedra em que vivemos, onde nossos maiores perigos não são os animais selvagens pré-históricos, mas os vírus mutantes invisíveis que estão à espreita de nossa primeira distração.

Vá ao cinema preparado para uma incrível diversão.

por Clóvis Furlanetto – Editor do período Cretáceo ou Jurássico (não consegui escolher, pois gosto dos dois)

*Título assistido em Cabine de Imprensa promovida pela Universal Pictures.