Go to ...
CFNotícias on YouTubeRSS Feed

Crítica: “Podres de Ricos”


Adaptação do livro de Kevin Kwan, a comédia Podres de Ricos” (Crazy Rich Asians) apresenta com uma história divertida, descontraída e o mais importante: engraçada.

Com um elenco diversificado, formado por atores asiáticos em sua maioria, o longa dirigido por John M. Chu (G.I. Joe: Retaliação) conquista pelos momentos extrovertidos que os personagens vivem ao longo de 120 minutos e pelas cenas externas proporcionadas pelas lindas paisagens de Singapura.

Na trama, Rachel Chu (Constance Wu) é uma professora de lógica de Nova York que é convidada pelo namorado, Nick Young (Henry Golding), a ir para Singapura conhecer toda família dele, pois ele será padrinho de casamento de um velho amigo.

No meio do caminho, ela descobre que seu parceiro é um dos mais cobiçados solteiros do país asiático e membro da família mais rica do local, representada pela matriarca Eleanor Young (Michelle Yeoh), que percebe na jovem protagonista uma ameaça no seu sonho de ver o filho herdar todo o patrimônio familiar.

Por mais que a trama não seja algo inovador, afinal já vimos esse contexto em outras produções de Hollywood, ela possui uma narrativa clara e objetiva. Destaque para a personagem Goh Peik Lin (Awkwafina), melhor amiga de Rachel, que rouba a cena com suas roupas coloridas e jeito empolgado na hora de falar sobre a alta classe singapuriana.

Inclusive, ela comanda a cena mais divertida do longa, que é quando deixa Rachel na mansão do namorado e é convidada de última hora para uma festa de gala, onde sai tirando selfie de tudo que há na casa, incluindo vasos e janelas.

Para quem gosta de uma boa comédia, “Podres de Rico” é a escolha certa, afinal de contas, o filme permite o espectador rir, descontrair, pensar e sair do cinema com um sentimento leve e feliz. Pode correr para o cinema que a diversão é garantida!

Por Pedro Tritto – Colunista CFNotícias