Go to ...
CFNotícias on YouTubeRSS Feed

Crítica: Triplo X – Reativado


Quem gosta dos filmes com Vin Diesel (Velozes e Furiosos 7) espera, pelo menos, que haja, explosão, pancadaria e lábia do ator. Levando esses pontos em consideração, “Triplo X: Reativado” se apresenta como algo cativante, radical e divertido, muito por causa do carisma do herói e das cenas agitadas que os personagens se envolvem.

Logo na abertura já dá para sentir como as coisas vão ser durante os seus aproximados 110 minutos. Nela, Augustus Gibbons (Samuel L. Jackson) tenta convencer o jogador Neymar a se tornar um agente secreto. O brasileiro resiste, mas dá seu cartão de visita acertando o inimigo com um belo chute. A atuação do craque deixa bem a desejar (claro), mas a sequência serve como um cartão de visita divertido.

Outro ponto positivo é o retorno de Diesel à franquia. Depois de ficar de fora do longa anterior (Triplo X 2 – Estado de Emergência), o ator mostra que está a vontade e, com seu jeito canastrão, diz como as cartas devem ser entregues desde a sua primeira aparição. Basta prestar atenção no trecho em que o personagem vai até Londres para recuperar seu casaco de pele favorito e convencer uma linda colega a passar informações valiosas.

Na história, o ex-agente Xander Cage é tirado de sua aposentadoria quando Gibbons, seu antigo chefe e amigo, é morto após uma explosão. Sem muitas pistas, o herói precisa ir atrás da Caixa de Pandora, um objeto poderoso que está com o misterioso Xiang (Donnie Yen). Sabendo da responsabilidade, “X” recruta os melhores soldados para destruir o vilão e acabar com uma resistência formada por governos corruptos.

Se por um lado o longa ganha em carisma e agilidade com a volta do astro de Velozes e Furiosos, por outro peca em aspectos importantes. O principal deles é a previsibilidade da história. Conforme a trama vai ganhando corpo, é possível adivinhar os próximos passos de cada personagem.

A única vez em que não é possível adivinhar é na parte final do longa, em que algumas surpresas surgem para salvar o dia. Não dá para entrar em detalhes, mas o que posso dizer é que os fãs da série vão ficar empolgados.

De maneira geral, “Triplo X – Reativado” está longe de ser uma referência entre os filmes de ação e espionagem. Xander Cage pode até ter carisma, mas não tem a mesma força que James Bond, Jason Bourne ou Ethan Hunt. De qualquer forma, a franquia conversa bem com o seu público alvo e esse longa nos mostra isso, apostando em sua principal estrela e manobras radicais.

Por Pedro Tritto – Colunista CFNotícias

Tags: ,