Go to ...
CFNotícias on YouTubeRSS Feed

‘Fala Sério, Mãe!’: Larissa Manoela e Thalita Rebouças vão à Bienal do Livro para falar sobre o longa


Larissa Manoela (Meus 15 Anos) e Thalita Rebouças dividirão a mesa “Falando sério com Larissa Manoela” na Bienal do Livro no dia 05 de setembro para divulgar o filme “Fala Sério, Mãe!”, baseado no best-seller homônimo da autora, e que estreia em todo Brasil no dia 28 de dezembro. A conversa acontece às 12h, na Arena #SEMFILTRO, com capacidade para 400 pessoas.

Além de divulgar o longa, Thalita vai falar sobre a nova edição do livro que chegará às prateleiras pela Rocco, com capa que faz referência ao filme e trecho inédito. Larissa e Thalita vão comentar cenas do filme propor uma interatividade com a plateia por meio da brincadeira “O Mico da Vida”. Todos os presentes ganharão cartazes autografados por Ingrid Guimarães, Larissa Manoela e Thalita Rebouças, além de marcadores de livros.

O longa, que é dirigido por Pedro Vasconcelos e estreia em 28 de dezembro, traz a doce e intensa relação entre Maria de Lourdes (Larissa Manoela) e a mãe Angela Cristina (Ingrid Guimarães) ao longo de diferentes fases da vida. Thalita não só escreveu o livro, como também colaborou com o roteiro e participou do filme no papel de uma vendedora de loja.

Completam o time de atores Marcelo Laham (Armando), João Guilherme Avila (Nando), Cristina Pereira (Dona Fátima), Raphael Tomé (Mamá), Giovana Rispoli (Alice) e Carolina Dumani (Malena). E ainda com participações especiais de Fábio Jr e Paulo Gustavo (Minha mãe é uma peça 2).

Com roteiro de Dostoiewski Champagnatte, Ingrid Guimarães e Paulo Cursino e colaboração de Thalita Rebouças e Pedro Vasconcelos, o título tem produção da Camisa Listrada, coprodução da Fox International Productions, Telecine, Globo Filmes e Focus Entretenimento, e distribuição da Downtown Filmes/Paris Filmes

Com doses de emoção e humor, o longa retrata as principais queixas e frustrações de Angela Cristina e a rebeldia e o sentimento de opressão vividos por Malu. Conta ainda como a relação mãe x filha pode se inverter ao longo dos anos. Malu, que antes era uma criança indefesa e que necessitava de cuidados, quando cresce mostra seu lado protetor e amigo por Angela Cristina, que revela uma faceta mais vulnerável.

“Foi uma grande alegria trabalhar com a Larissa e com a Ingrid. O filme está maravilhoso e a gente espera que seja um grande sucesso. Contar uma história da Thalita Rebouças é realmente gratificante”, comemora o diretor Pedro Vasconcelos.

da Redação CFNotícias