Go to ...
CFNotícias on YouTubeRSS Feed

Jim Parsons protagoniza drama “Uma criança como Jake” que chega ao streaming


Jim Parsons despediu-se de Sheldon Cooper, personagem icônico de The Big Bang Theory que o alçou à fama e lhe rendeu mais de dez prêmios. O último episódio da série foi exibido nos Estados Unidos ontem (16 de maio) e no Brasil chegará em 02 de junho.

Mas, os fãs do ator poderão conferi-lo no primeiro longa produzido e protagonizado por ele, “Uma criança como Jake”, que chega às principais plataformas de streaming brasileiras em 05 de junho.

Em entrevista à Entertainment Week, Parsons falou sobre o processo de desenvolvimento do longa. “Aconteceu naturalmente. Uma de nossas produtoras, Janette Kahn, havia visto a peça de teatro de Daniel Pearle e disse que poderia ser uma boa história para adaptarmos para o cinema”. Em relação à pesquisa do tema, Parsons afirma que “o texto da peça já colocava na mesa tudo o que precisávamos saber sobre transgêneros e ainda tivemos um diretor trans, que trouxe sua própria experiência para o filme”.

Dirigido por Silas Howard, “Uma criança como Jake” traz Claire Danes e Jim Parsons nos papéis de Alex e Greg, um casal que precisa lidar com o fato de que seu filho de quatro anos talvez não se encaixe nos padrões sociais impostos.

O pequeno Jake nunca se interessou pelas brincadeiras comuns aos meninos, sempre preferiu princesas e contos de fada, gosto que seus pais sempre encararam com naturalidade, comprando, inclusive, bonecas e fantasias de princesas para o filho.

Mas, quando a diretora da escola primária levanta a questão de que isso pode não ser apenas uma fase, o que era tão natural começa a gerar adversidades na relação do casal.

A busca por uma escola particular, no competitivo sistema educacional nova-iorquino, coloca em pauta a questão de gênero: será que as particularidades de Jake são um risco para a aceitação dele em uma nova escola? Aos quatro anos é cedo demais para se rotular a identidade de gênero numa criança?

Cheios de dúvidas em como lidar com a situação, Alex e Greg se veem em meio a um furacão de emoções e crises éticas, apenas com a certeza de que ambos querem o melhor para o filho.

O diretor explica a relevância das abordagens apresentadas no longa: “Vvivemos num mundo que estima a singularidade das crianças, enquanto, paradoxalmente, castiga a diferença. Interessam-me as formas pelas quais, mesmo quando em nome do amor, as pessoas podem fazer o mal quando confrontadas com o medo do incontrolável. Como equilibra um pai essas pressões intensas? Estas tensões fascinam-me como realizador e como alguém com conhecimento profundo da obsessão da nossa cultura por policiar o gênero”.

Com roteiro de Daniel Pearle, adaptado da peça homônima, o filme traz ainda no elenco Octavia Spencer, Priyanka Chopra, Amy Landecker, Ann Dowd e Leo James Davis.

Já está em pré-venda no iTunes, com 50% de desconto para compras realizadas até o dia 05 de junho.

Preços:

iTunes – R$14,90 (compra até 05/06) / R$29,90 (compra após 05/06) e R$14,90 (aluguel)

GooglePlay e Youtube – R$26,90 (compra) / R$9,90 (aluguel)

Now – R$39,90 (compra) / R$14,90 (aluguel)

VivoPlay – R$11,90 (aluguel)

SkyPlay – R$14,90 (aluguel)

Classificação Indicativa: 10 anos

da Redação CFNotícias