Go to ...
CFNotícias on YouTubeRSS Feed

Série inspirada em crime real, ‘Dr. Death’ estreia na Starzplay em setembro


Starzplay, o serviço internacional de streaming premium da Starz, anunciou hoje que a aguardada série limitada Dr. Death estreia em 12 de setembro exclusivamente na Bélgica, França, Itália, Holanda, Espanha, Reino Unido e América Latina. A série fará sua estreia francesa no festival Seriesmania em Lille, França, em 30 de agosto.

Baseada no podcast americano de sucesso da Wondery, Dr. Death conta a assustadora história real do Dr. Christopher Duntsch (Joshua Jackson), uma estrela em ascensão na comunidade médica de Dallas.

Jovem, carismático e ostensivamente brilhante, Dr. Duntsch estava construindo uma próspera clínica de neurocirurgia quando tudo mudou repentinamente. Os pacientes entravam em sua sala de cirurgia para cirurgias espinhais complexas, mas de rotina, e saíam permanentemente mutilados ou mortos.

Enquanto as vítimas se amontoavam, dois colegas médicos, o neurocirurgião Robert Henderson (Alec Baldwin) e o cirurgião vascular Randall Kirby (Christian Slater), bem como a promotora de Dallas, Michelle Shugart (AnnaSophia Robb), decidem detê-lo.

Dr. Death explora a mente distorcida do Dr. Duntsch e as falhas do sistema projetado para proteger os mais indefesos entre nós.

A produção é estrelada por Joshua Jackson como o personagem título, Grace Gummer, AnnaSophia Robb, com Alec Baldwin e Christian Slater. Conta com uma equipe de direção completamente formada por mulheres, incluindo Maggie Kiley, que também será a produtora executiva dos dois primeiros episódios; Jennifer Morrison e So Yong Kim.

Produzida pela UCP, uma divisão do Universal Studio Group, Dr. Death tem produção executiva de Patrick Macmanus via sua produtora Littleton Road Productions, sob seu contrato geral com a UCP. Todd Black, Jason Blumenthal, Steve Tisch e Taylor Latham também são produtores executivos pela Escape Artists, assim como Hernan Lopez e Marshall Lewy pela Wondery.

Crédito da imagem em destaque: Crédito: Scott McDermott/Peacock.

da Redação CFNotícias