Go to ...
CFNotícias on YouTubeRSS Feed

Starz encomenda temporada de ‘Shining Vale’, comédia de horror estrelada por Courteney Cox, Greg Kinnear e Mira Sorvino


A Starz anunciou hoje que encomendou a temporada de oito episódios da comédia de horror Shining Vale, estrelada pela indicada ao Globo de Ouro Courteney Cox, pelo indicado ao Oscar e vencedor do Emmy Greg Kinnear; pela vencedora do Oscar Mira Sorvino e por Merrin Dungey, Gus Birney e Dylan Gage. Dearbhla Walsh dirigiu e produziu o episódio piloto.

A arrepiante comédia de meia hora de Jeff Astrof, Sharon Horgan e Warner Bros. Television é o mais novo título da Starz, que lançou recentemente a Iniciativa #TakeTheLead, para continuar o esforço da rede de aprofundar seu compromisso com narrativas feitas por, sobre e para mulheres e públicos sub-representados.

Shining Vale vai ser exibida no canal Starz nos Estados Unidos e Canadá, e em sua plataforma de streaming internacional Starzplay na Europa, América Latina e Japão.

Shining Vale é uma série inteligente, arrepiante e divertida que conta a história de uma família em crise que, de repente, está vivendo com um paranormal que ajuda a personagem de Courteney Cox a recuperar o ritmo quando ela começa a questionar sua própria sanidade”, disse Christina Davis, Presidente de Programação Original da Starz.

“Este grupo de talentosos atores, produtores executivos e diretor combina comédia e horror de forma brilhante ao longo da série, o que exemplifica o compromisso da rede para melhorar a representação feminina dentro e fora da tela”, completa.

Shining Vale é uma comédia de horror sobre uma família disfuncional que se muda da cidade grande para uma cidade pequena, para uma casa onde atrocidades terríveis aconteceram. Mas ninguém parece notar, exceto Pat, que está convencida de que está deprimida ou possuída – acontece que os sintomas são exatamente os mesmos.

Patricia “Pat” Phelps (Cox) é uma ex-“criança selvagem” que alcançou a fama escrevendo um atrevido romance de empoderamento feminino encharcado de drogas e álcool (vulgo literatura de mulherzinha). Avançando rápido para 17 anos depois, Pat está limpa e sóbria, mas totalmente insatisfeita. Ela ainda não escreveu seu segundo romance, ela não consegue se lembrar da última vez que fez sexo com seu marido (Kinnear), e seus filhos adolescentes estão naquele estágio em que querem você morto.

Ela foi uma esposa fiel até seu único deslize: um tórrido caso com o jovem e quente faz-tudo que veio consertar a pia enquanto Terry estava no trabalho. Em um último esforço para salvar seu casamento, ela e Terry usam todo seu dinheiro guardado e a família se muda da loucura da cidade para uma casa grande e velha nos subúrbios, com um passado próprio. Todo mundo tem seus demônios, mas para Pat Phelps, eles podem ser reais.

Cox interpreta o papel principal de Patricia “Pat” Phelps, com Kinnear vivendo seu sempre otimista marido, Terry Phelps, cuja paciência e autocontrole serão testados como nunca foram antes. Sorvino interpreta Rosemary, que ou é o alter ego de Pat, uma personalidade dupla, sua identidade, sua musa ou um demônio tentando possuí-la. Dungey interpreta Kam, a amiga mais antiga de Pat e editora. Gus Birney e Dylan Gage também estrelam como os filhos adolescentes de Pat e Terry, Gaynor e Jake.

Crédito da imagem: Kat Marcinowski/Starz.

da Redação CFNotícias